8 de dez de 2012

Aviso bem-humorado


16 de nov de 2012

Propaganda

Observem esta faixa:



Pois é! Escreveram "calsas" no lugar de calças. Alguém registrou o erro e enviou a foto para um jornal de Belo Horizonte.

Pensamento do dia


"Benefício antes do sacrifício só mesmo no dicionário."

(Autor desconhecido)

2 de nov de 2012

Série "Óia as placa!"

 
Ainda que a pronúncia nesse caso possa variar um pouco, não vale se confundir na hora de escrever: a "peça de vestuário, sem mangas nem gola, que se usa por cima de camisa ou blusa, abotoada na frente" é o COLETE.
Fonte: www.aulete.com.br
Abraços!

21 de out de 2012

A palavra é: OPERETA

"Diferentemente do que a palavra sugere, uma opereta não é uma versão mais simples ou menos valorizada da ópera. A diferença entre as duas se baseia, principalmente, na forma em que são apresentadas. A ópera é um espetáculo que exige que todos os envolvidos sejam cantores. Canta-se durante todo o espetáculo.

Em uma opereta, contudo, os envolvidos, além de cantar, interpretam. Atores e cantores dividem o palco para promover mais dramaticidade à montagem. Outra particularidade desse tipo de espetáculo é que ele pode ser interpretado na linguagem do país em que é apresentado."
Fonte: http://www.fcs.mg.gov.br
 
A opereta mais encenada no mundo é "A Viúva Alegre", que está em cartaz no Palácio das Artes, em Belo Horizonte, até o dia 26 de outubro, com ingressos esgotados.

6 de out de 2012

Eleições 2012

Em outubro de 2010, postei aqui uma lista de alguns apelidos que os candidatos a deputado utilizaram para chamar a atenção dos eleitores. Como a criatividade não tem limite, seguem mais alguns nomes curiosos que surgiram (ou que se mantiveram na disputa) para a eleição em 2012.
BOI, BUTINADA, CEBION, CUPIM, MAMÃO, COTONETE, ESPINGARDA, XAROPINHO, JUSCELINO-JK, CLAUDIO RAULSEIXISTA, JUNINHO ARRASTÃO, LOIRA DO PSIU, OBAMA BH, REGINALDO ROSSI, RIVA GENTE BOA, VOVÔ DO ROCK MÁRIO, WANDER PIT BUL, LELECO DA QUADRILHA, THOMAZ DA DESENTUPIDORA ROLA B.
Fonte: site do TRE - MG
Quem acompanhou o horário da propaganda eleitoral na TV deu boas risadas com a performance de alguns candidatos, mas, agora, a brincadeira acabou. Escolher o melhor candidato é tarefa séria e, às vezes, difícil.
Bom voto!

29 de set de 2012

Série "Óia as placa!"

folhear (fo.lhe.ar) v.

1. Virar folhas de livro, caderno, etc: "Folheava o caderno nervosamente."
2. Manusear sem atenção as folhas: "Apenas folheou o livro, sem ler nada."
3. Revestir de folha, de lâmina muito fina (esp. de metal precioso): "Mandou folhear a aliança."
4. Revestir com folhas de material mais resistente (metal, laminado, plástico, etc.)

Fonte: http://aulete.uol.com.br

Então, caros leitores, corrigindo o aviso: É proibido folhear os jornais.

Abraços!

22 de set de 2012

Pensamento do dia


“Bebo para afogar as mágoas. Mas as danadas aprenderam a nadar.”
 (Frida Kahlo)


Frida Kahlo, mexicana, nasceu em 6 de julho de 1907. Foi uma artista única, para muitos é considerada a pintora do século. Apesar de seu pouco tempo de vida, deixou obras magníficas e intrigantes.

15 de set de 2012

Ortografia

Caros leitores, vejam a placa no supermercado, à esquerda (cliquem na foto para ampliar).
Cabe uma correção: a grafia correta do termo é bem-vindo, com hífen. Também seria bem-vindo ali um sinal de exclamação para 'fechar com chave de ouro', afinal, aprendemos na escola que devemos usar esse sinal nas frases que exprimem desejo.
Abraços!

1 de set de 2012

Uso da vírgula

Vejam o cartaz que eu fotografei na entrada de um prédio. Reparem que há uma vírgula separando o sujeito "Gente educada" da ação "não joga lixo...".
Caros leitores, a pausa pode até existir na hora de falar, mas isso não determina a colocação da vírgula na hora de escrever. Não se usa a vírgula para separar termos que estabelecem uma ligação direta entre si.
Então, repetindo a mensagem (muito pertinente, por sinal): Gente educada não joga lixo na porta do vizinho!
Até a próxima!

15 de ago de 2012

Série "Óia as placa!"

Sem revisão, um anúncio pode ficar esquisito.

5 de ago de 2012

Pensamento do dia


"Num tempo
Página infeliz da nossa história
Passagem desbotada na memória
Das nossas novas gerações
Dormia
A nossa pátria mãe tão distraída
Sem perceber que era subtraída
Em tenebrosas transações... "

(Chico Buarque)



Caros leitores, é triste constatar que essa "página infeliz da nossa história" não ficou no passado. O chamado mensalão e tantas outras falcatruas são a prova disso...

4 de ago de 2012

A palavra é: REMIDO

"Diz-se ‘remido’ de alguém que foi isento de culpa, ou de castigo. Por exemplo, se houver perdão por algum malfeito, a pessoa que o realizou pode estar remida do castigo. Ou seja, livre de cumprir punição. Quando se diz que alguém está ‘remido do cárcere’, é porque essa pessoa foi liberta da sua prisão. Outra ocasião em que se usa a palavra ‘remido’ é quando, em clubes, algum sócio está isento de pagar a mensalidade, sendo, assim, um ‘sócio remido’.

Definição do iDicionário Aulete: (re.mi.do)

  1  Que, após remição, está isento de dívida ou culpa: remido do cumprimento da pena.
  2  Resgatado, libertado: remido do cárcere.
  3  Em clubes, diz-se de sócios isentos de pagar mensalidade (sócio remido).

 [F.: Part. de remir.]"

Fonte: www.aulete.com.br (Palavra do dia)

27 de jul de 2012

Série "Óia as placa!"

Indeixável?! Essa doeu...

25 de jul de 2012

Redundância

Abraços!

14 de jul de 2012

Meia e meio

Caros leitores, não sei quem é o autor, mas postei aqui porque achei bem didático.

Até a próxima!

8 de jul de 2012

A nova ortografia nos jornais

A palavra estreia perdeu o acento, mas continua a ser pronunciada do mesmo jeito.
Abraços!

1 de jul de 2012

Série "Óia as placa!"

Caros leitores, "costelinha com quiabo" deve ser bom! Mas "quiabo" com acento é ruim...

Abraços!

24 de jun de 2012

Permanência

Outro dia comentei aqui sobre a destruição da galeria de arte ao ar livre em Belo Horizonte e o trabalho de "refazimento". E não é que os painéis fotográficos permaneceram dessa vez? Acho que tem anjo tomando conta...
Até a próxima!

Não e não...

Caros leitores, reparem na vitrine estampando as regras da loja:



Só faltou o aviso "FAVOR COMPRAR". (risos)

Abraços!

14 de jun de 2012

A palavra é: REFAZIMENTO

Quem passou ontem de manhã pela calçada do Parque Municipal em Belo Horizonte pôde ver o resultado da infeliz combinação da falta de educação com o vandalismo: todos os painéis fotográficos do FITBH colocados na grade do Parque estavam rasgados.
A boa notícia é que mais tarde estavam sendo instalados novos painéis, lindos, como este:
 
Refazimento: ato ou efeito de refazer(-se)
  1. restauração ou recomposição de coisa rasgada, descolada, partida, deteriorada, etc.
  2. restabelecimento da saúde, das forças
  3. aquilo que se concede ou obtém como reparação ou compensação de um prejuízo, perda, ofensa, etc.; compensação, indenização, recompensa.
Fonte: Dicionário eletrônico Houaiss da língua portuguesa

É, caros leitores, essa palavra existe. E para cumprir a tarefa de refazer a galeria de arte na av. Afonso Pena várias pessoas foram mobilizadas, entre elas o Shake e o Vitor (foto abaixo), que tiveram de "suar a camisa" para dar conta do trabalho. Agora é torcer para que os vândalos de plantão não destruam tudo de novo.
 Abraços!

2 de jun de 2012

Série "Óia as placa!"

Caros leitores, fotografei esta placa na entrada do estacionamento de um supermercado em Belo Horizonte. Esqueceram de revisar o texto e ficou muito feio. Vejam!
Abraços!

19 de mai de 2012

A nova ortografia nos jornais

Caros leitores, fiquem ligados: a ortografia "antiga" só é aceita até dezembro deste ano. A partir de janeiro de 2013, lembrem-se de escrever joia sem acento. Parece estranho, mas a gente acaba se acostumando...

Até a próxima!

16 de mai de 2012

A palavra é: RATIFICAR

"Ratificar é fazer a confirmação ou validação de algo. É comprovar, corroborar. Juridicamente, ratificar é comprovar a validade de um compromisso assumido. Muita gente confunde ‘ratificar’ com ‘retificar’. Retificar é corrigir, emendar, eliminar os erros de algo. A palavra ‘ratificar’ vem do latim medieval ‘ratificare’.

Definição do Dicionário Aulete: (ra.ti.fi.car)

  1  Fazer a confirmação ou validação de; CONFIRMAR; VALIDAR. [td.: Ratificar uma promessa.] [tdr. + em: Apesar das denúncias, ratificaram o novo diretor no cargo.]
  2  Comprovar, corroborar [td.: A crise ratificou as previsões da imprensa.]
  3  Comprovar o que foi declarado; REAFIRMAR. [td.: O deputado ratificou suas declarações da véspera.]
  4  Jur. Comprovar a validade de um compromisso juridicamente assumido [td.] "
Fonte: www.aulete.com.br (Palavra do dia) 

6 de mai de 2012

"A DOMICÍLIO"

Segundo os dicionários, a palavra domicílio (que é acentuada) significa, entre outras coisas, "casa ou apartamento em que se reside, residência". 
Caros leitores, embora seja muito comum o uso do termo acima, seria mais adequado dizer "ENTREGAS EM DOMICÍLIO", o que seria entendido como "entregas em casa". 
Abraços!

21 de abr de 2012

"Quem avisa amigo é..."

Caros leitores, talvez seja melhor cortar o cabelo durante a semana. (risos)

Abraços!

14 de abr de 2012

Dica cultural


Foto: Paulo Lacerda

O Grupo de Choro Palácio das Artes se apresentará no dia 25 de abril, no Grande Teatro, em Belo Horizonte.

O show, que acontece às 20h30, terá a participação de convidados muito especiais: a cantora Lígia Jacques, o Ballet Jovem Palácio das Artes e a chamada Velha Guarda do Choro de BH que, para quem não conhece, é formada por músicos com idade acima de 60 anos, considerados os precursores do gênero musical na cidade.

Os ingressos já estão à venda e custam R$10,00 (inteira) e R$5,00 (meia-entrada).

Fonte: www.fcs.mg.gov.br

Caros leitores, não é uma ótima dica?

7 de abr de 2012

A palavra é: PÁSCOA

A Páscoa é um evento original da cultura hebraica. Na época pré-mosaica, aquela anterior a Moisés, a Páscoa era a festa da primavera do antigo povo hebreu. Mais tarde se tornou, também, a festa que comemorava a fuga dos hebreus do Egito, conhecido como o êxodo hebreu. As religiões cristãs atribuem a Páscoa ao tempo da ressurreição de Jesus Cristo, três dias após a sua morte. A palavra ‘páscoa’ vem do latim pascha. A festa judaica chama-se, em hebraico, pessach.

Definições:
1 Rel. Festa anual cristã comemorativa da ressurreição de Cristo.
2 Rel. Festa anual judaica comemorativa da fuga dos hebreus do Egito.
3 Rel. Festa da primavera do antigo povo hebreu, na época pré-mosaica.
4 Participação coletiva no ato pascal (a páscoa dos militares).

Fonte: www.aulete.com.br (Palavra do dia)

Caros leitores, embora o comércio e suas mensagens publicitárias nos levem a pensar que a Páscoa é simplesmente uma ocasião propícia para as pessoas consumirem ovos de chocolate, é sempre bom lembrar o significado da data, não é mesmo?
Feliz Páscoa para todos vocês!

6 de abr de 2012

Fã da Princesa

Caros leitores, eis o registro de uma nobre homenagem:



E para quem teve dúvida quanto ao termo "Advocacia Contenciosa", aqui vai o significado: que envolve litígio, contenda, oposição entre pessoas que discordam.  
Fonte: Dicionário Aulete
Até a próxima!

31 de mar de 2012

Pensamento do dia


"Sou um ateu, graças a Deus!"

(Frase do polêmico cineasta espanhol Luis Buñuel, cuja obra está sendo apresentada em retrospectiva no Cine Humberto Mauro/Palácio das Artes, em Belo Horizonte, até o dia 22 de abril, com entrada gratuita).

17 de mar de 2012

A palavra é: ORA

"Muita gente tem dificuldades para entender quando se deve usar a palavra ‘ora’, em vez de ‘hora’.

Bem, ‘hora’ deve ser usada quando ela for um substantivo referente ao dia e suas 24 horas. Por exemplo em ‘Quanto você ganha por hora de trabalho?’ ou em ‘É, agora, uma hora da tarde’.

Já a palavra ‘ora’ tem quatro significados, segundo o Aulete digital. Pode ser ‘nesta ocasião, agora’ (‘a lei, ora apresentada, proíbe a venda de armas’), pode significar ‘ou... ou...’ (‘ora estava de bom humor, ora estava de mau humor’), pode ser também ‘entretanto’ (‘Eu ofereci ajuda; ora, orgulhosa como é, nem aceitou’) e também pode significar surpresa, ironia ou irritação (‘Ora! Quem é vivo sempre aparece!’)"
Fonte: www.aulete.com.br (Palavra do dia)

Caros leitores, lembrei-me do verbo 'orar' no sentido de rezar ('Ela sempre ora antes de dormir'). Tem também o 'orar' quando se faz uso da oratória para apresentar um evento, por exemplo, ou fazer um discurso: "...orava um ministro para quem coroa e opinião no Brasil eram a chapa e o cunho da mesma moeda..." (José de Alencar, Senhora).

Quantas possibilidades, não é mesmo? VIVA a diversidade da nossa língua portuguesa!!!

Até a próxima!

10 de mar de 2012

Sobre frangos e fraldas



Caros leitores, fiquei aqui pensando: será que a pessoa que comprar (e comer) o tal "frango semi caipira" deverá, por segurança, levar também as fraldas descartáveis? (risos)

3 de mar de 2012

Dicionário preconceituoso?

“O Ministério Público Federal (MPF) em Minas Gerais considerou pejorativas e preconceituosas as definições para o verbete cigano no Dicionário Houaiss da língua portuguesa, e ajuizou ação civil pública contra a Editora Objetiva e o Instituto Antônio Houaiss, exigindo a imediata retirada de circulação, suspensão de tiragem, venda e distribuição da obra com esse conteúdo.” (Jornal Estado de Minas, 28/2/2012).

Segundo a notícia, tudo começou em 2009, quando o MPF em Uberlândia recebeu a representação de um cidadão de origem cigana questionando “a prática de discriminação e preconceito pelos dicionários” contra sua etnia.

Assim como Monteiro Lobato chegou a ser acusado de “racista e perverso” por causa do conteúdo do livro Caçadas de Pedrinho, agora é a vez do Houaiss ir para o banco dos réus.

Na avaliação de Milton Nascimento (não o cantor), professor de linguística da PUC Minas, não é possível criticar um termo a partir de sua definição nos dicionários, uma vez que são opções apresentadas e que podem ser utilizadas de forma variada. “Argumentar contra um item dicionarizado é uma estupidez, já que são registrados usos variados e possíveis para cada termo. A palavra não tem nenhum significado fora de um contexto, ela depende de outros fatores. Os dicionários registram referências já existentes e usadas anteriormente”, explica.

Caros leitores, concordo com o professor Milton e vejo essa questão como mais uma polêmica desnecessária, entre tantas surgidas na língua portuguesa.

Cliquem em http://noticias.uol.com.br/ultimas-noticias/agencia-estado/2012/02/27/mpf-quer-tirar-de-circulacao-o-dicionario-houaiss.htm e saibam mais sobre o assunto.

Até a próxima!

21 de fev de 2012

A padaria adverte!



Caros leitores, a gente até entende o aviso, mas concordam que ficou engraçado?...

Abraços!

3 de fev de 2012

Família...



Na postagem de 11 de janeiro, falei sobre família, Natal e Ano-Novo. Hoje lembrei-me de um texto enviado por um amigo, o Marcelo, abordando o assunto de uma forma bem peculiar. Trata-se de um trecho do livro "O arroz de Palma", de Francisco Azevedo. Leiam.
Família é prato difícil de preparar. São muitos ingredientes. Reunir todos é um problema, principalmente no Natal e no Ano-Novo.

Pouco importa a qualidade da panela, reunir uma família exige coragem, devoção e paciência. Não é para qualquer um. Os truques, os segredos, o imprevisível. Às vezes, dá até vontade de desistir.

O pior é que ainda tem gente que acredita na receita da família perfeita. Bobagem. Tudo ilusão.

Não existe Família à Oswaldo Aranha; Família à Rossini, Família à Belle Meunière; Família ao Molho Pardo, em que o sangue é fundamental para o preparo da iguaria.

Família é afinidade, é à Moda da Casa. E cada casa gosta de preparar a família a seu jeito.

Há famílias doces. Outras, meio amargas. Outras, apimentadíssimas.

Há também as que não têm gosto de nada, seriam assim um tipo de Família Diet, que você suporta só para manter a linha.

Seja como for, família é prato que deve ser servido sempre quente, quentíssimo. Uma família fria é insuportável, impossível de se engolir.

Enfim, receita de família não se copia, inventa-se. A gente vai aprendendo aos poucos, improvisando e transmitindo o que sabe no dia a dia. A gente cata um registro ali, de alguém que sabe e conta, e outro aqui, que ficou no pedaço de papel. Muita coisa se perde na lembrança.

O que este veterano cozinheiro pode dizer é que, por mais sem graça, por pior que seja o paladar, família é prato que você tem que experimentar e comer. Se puder saborear, saboreie. Não ligue para etiquetas. Passe o pão naquele molhinho que ficou na porcelana, na louça, no alumínio ou no barro.

Família é prato que, quando acaba, não dá pra repetir.

Aproveite a sua ao máximo!!!
Caros leitores, ficarei ausente do blog uns dias porque vou viajar. Adivinhem o motivo? Vou visitar minha família... (risos)

Até breve!

31 de jan de 2012

Pensamento do dia


“Combater contra si mesmo é a guerra mais difícil”.

(Friedrich von Logau)

30 de jan de 2012

Detimida?

Caros leitores,vejam um exemplo de falha de revisão no texto, desta vez, da TV Fama.



Abraços!

23 de jan de 2012

Mais sobre o café espresso

Caros leitores, na postagem de 11/12/2011, comentei sobre o modo de escrever "café espresso", mais conhecido como "expresso". Vejam o que li no cardápio de uma cafeteria em Belo Horizonte.



Até a próxima!

17 de jan de 2012

Morre um poeta

A Literatura Brasileira está mais pobre. Faleceu, ontem, o escritor e poeta mineiro Bartolomeu Campos de Queirós. Autor de mais de 40 livros, mestre e crítico de arte, recebeu inúmeros prêmios, entre eles o Jabuti, maior condecoração literária do país.

Iniciou sua trajetória com O Peixe e o Pássaro em 1974 e se dedicou principalmente à literatura infantojuvenil. Seu trabalho mais recente, lançado no ano passado, é o autobiográfico "Vermelho Amargo".

Tive a oportunidade de conhecer Bartolomeu Queirós e conviver um pouco com ele, há muitos anos, quando foi presidente da Fundação Clóvis Salgado, em Belo Horizonte. Homem inteligente, muito sério, mas de grande sensibilidade. Quero contar aqui um episódio ocorrido naquela época.

Era só mais um dia comum de trabalho, quando o professor Bartolomeu, lá do gabinete, ficou sabendo de um tumulto na Av. Afonso Pena, envolvendo os seguranças da Fundação. O motivo? Tentavam retirar alguns meninos, moradores de rua, de dentro do espelho d'água (ou "laguinho", como era mais conhecido), em frente ao Palácio das Artes. Segundo relatos, o então presidente chamou os seguranças e, para surpresa de todos, disse: “Vocês têm chuveiro em casa, não têm?... Pois é, essas crianças não. Então, deixem que elas tomem banho e brinquem em paz!...” Alguns funcionários ficaram perplexos; outros, comovidos e muitos não entenderam nada. Mas o fato é que aqueles meninos, naquela tarde, deixaram de ser “pivetes” ou “pequenos infratores” para serem apenas “crianças”...

Caros leitores, convido todos vocês a assistirem ao vídeo a seguir, com trechos de uma entrevista de Bartolomeu Campos de Queirós. A ele, a nossa homenagem!



11 de jan de 2012

ANO-NOVO!

Tudo bem, sei que estou um pouco atrasada para desejar-lhes um FELIZ ANO-NOVO, mas "antes tarde do que mais tarde ainda", não é mesmo? Então, aqui estou.

Caros leitores, não posso deixar de me entristecer pelas muitas pessoas que perderam a vida e pelas que estão desabrigadas por causa das fortes chuvas recentes, principalmente em Minas Gerais. É pena que a gente não saiba conviver muito bem com a natureza, respeitando seus limites, porque ela costuma nos dar a resposta por isso...

Escolhi passar o Natal e a virada do ano em Piumhi, interior de Minas, com a minha família, que infelizmente não estava completa. É sempre difícil reunir todas as irmãs, maridos, filhos... O tempo passa e as pessoas vão criando outras raízes, o que é natural, mas sinto saudades de quando a gente passava o Natal todos juntos. Em especial, sinto falta da presença alegre do meu pai, fazendo farra na hora do tradicional amigo-oculto. Lembro que uma vez ele ganhou uma cueca de presente. Ele achou tão bom que resolveu experimentá-la na hora, por cima da calça mesmo. Foi muito engraçado! Ele dava gargalhadas e nós, mais ainda...

Mas também tivemos um ótimo Natal em 2011. Minha mãe, como sempre, preparou os quitutes e saiu para a missa. Estranho? Nada! Sabemos que ela faz questão de ir à missa de Natal e nós respeitamos isso. Quando ela voltou, já estávamos todos na maior animação ao redor da mesa farta. Então, fizemos uma oração e cantamos "parabéns" para o aniversariante do dia: Jesus. E as crianças que estavam lá, meus sobrinhos José Gabriel e Antônio, sopraram as velinhas. Depois continuamos a festa, com muito bate-papo e comilança da melhor qualidade.

Espero que todos vocês tenham tido um Natal feliz e uma ótima passagem de ano! Desejo que 2012 seja um ano bom e que tenhamos saúde e disposição para realizar todos os nossos projetos!

Abraços!